terça-feira, fevereiro 10, 2015

Redução de benefícios trabalhistas e previdenciários para reequilibrar as contas públicas?

É muito interessante quando você recebe a newsletter da Folha de São Paulo com a seguinte manchete:
Governistas do Congresso ameaçam ajuste fiscal
Congressistas da base governista se mobilizam contra as medidas anunciadas pelo governo para economizar R$ 18 bilhões neste ano com a redução de benefícios trabalhistas e previdenciários para reequilibrar as contas públicas

Após lê-la eu me pergunto como o governo, que recebe dinheiro através de impostos e contribuições, mesmo sem oferecer contra partida - porque quando faz isso nós pagamos taxas -, consegue ser tão irresponsável a ponto de fazer um rombo no orçamento?

E mais, o que aconteceria com a iniciativa privada caso ela decida, para reequilibrar suas contas, cortar benefícios trabalhistas e previdenciários?

Sem palavras... os pensamentos já são muitos... e nada bons.

Nenhum comentário:

Postar um comentário