segunda-feira, setembro 15, 2014

Rock N' Roll Mops - New Rose

Ontem decidi fazer uma playlist para ouvir na academia. Bem, como pode-se imaginar ela se limita a alguns gêneros como Rock, Hard Hock, Progressive Rock, Punk, Metal, Rockabilly e alguns gêneros duvidosos entre Rock, Metal e Punk.

O fato é que acabei trombando com uma banda que há muito não ouvia a NEW ROSE. A banda é de Pomerode/SC, eles cantam tanto em alemão (como era de se esperar) como em inglês. O som deles é cativante que agrada a maioria dos adoradores de Rock, como eu.

Uma música, em específico, eu não consigo para ele ouvir: Rock N' Roll Mops.

A letra, além de divertida me cativa por trazer um pouco da cultura local ao som e lembra, ao final, que jamais devemos esquecer nossas origens.

A música está logo abaixo, mas para aqueles que não entendem muito de alemão, que é o meu caso, vou explicar algumas coisas que pode deixar mais claro. Primeiro, Testo Alto é um bairro bem tradicional de Pomerode, por isso é citado na música. Já o nome da música remete a uma iguaria aqui da região que é o ROLL MOPS.

Esse prato consiste em um filé de arenque na conserva enrolado, em forma cilíndrica, em torno de um  pedaço de cebola. É uma comida com um sabor bastante forte e que agrada se acompanhado de uma cerveja gelada.

Curta o som:

Rock n' Roll Mops by New Rose on Grooveshark

Rock N' Roll Mops
New Rose

Ich ging zu eine kleine kneipe
Da war was komiches zum essen
In altes wasser noch mit zigarren asche
Mei vater sagt ich solt es essen
Ausen mund habe ich mich verraten
Aber es war doch so gut

Kehrreim:

Rock N' Roll Mops in pomerode
Ein roe fish mit eine scharfe zwiebel
Rock N' Roll Mops in testo alto
Das kann man ja nie vergessen
Rock N' Roll Mops in pomerode
Da hat ja alles angefand'

Das bier war billig und cald
Und der schnaps, der war ja ganz um sonst
Die männer waren froh beim erzälen
Nie hat man so'ne schlaue röde gehört
Geschinten und gekwatsch,
Alle frolig in unserem tall

Kehrreim

Vergess' nie mal dein heimatland
Ehre unsere leute
Wiel durch die haben wir

Kehrreim

Nenhum comentário:

Postar um comentário