terça-feira, julho 26, 2011

Espírito das Leis

Estou lend novamente "O Espírito das Leis" de Montesquieu.
Agora estou marcand as partes interessantes e fazendo minhas anotações, para quem sabe em um futuro próximo eu possa utlizá-las para o bem da humanidade.

Logo no Prefácio do Livro me deparei com uma frase interessante:

"Examinei, a principio, os homens, e julguei que, nesta infinita diversidade de leis e de costumes, eles não eram guiados unicamente por suas fantasias"

O que nos guia no dia a dia?
Um governo?
Nossas idéias?
Nossos sonhos?
Nossos anseios? 
Um amor?
As perguntas?
A política?
A religião?
A arte?
A ciência?
O conhecimento?

O que é a realidade, ou o que é fantasia em nossos dias? Até aonde esse mundo virtual nos leva? Até quanto ficamos bitolados e os afastamos cada vez mais um dos outros? Quando pararemos de fazer perguntas sem resposta para tentar mudar a realidade? Quanto tempo demoraremos para acreditar que nosso sonhos podem ser verdades e conquistarmos eles?

Quanto mais ficaremos calados, sendo levados pela "onda", calados? Quanto tempo se passará até cair a máscara do sono infantil que tudo mudará em um passe de mágica? Quanto ainda aceitaremos a hipocresia social, onde um homem vale o que tem, e não pelo seu caráter? A justiça permanecerá eternamente cega para aqueles que roubam, do povo, da nação e consequentemente de si próprios?

Acreditar-se-á que existe céu e inferno, ou o paraíso sucumbirá e o purgatório erguerá mostrando que ambos estão na terra e que só existe AQUI e o tempo é AGORA!



Nenhum comentário:

Postar um comentário