sexta-feira, janeiro 21, 2011

Ser catarinense...

SER CATARINENSE
É...

  

Gostar de festa, cerveja e chopp.!!!  

* Ouvir sobre capitais e
sempre pularem Florianópolis.

* Achar que Oktoberfest é 

melhor que carnaval.(e não é??)

 

* Saber que o futebol
Catarinense não é lá essas coisas e ainda acreditar nele.

 * Não saber direito o que 

foi a guerra do Contestado.

* Só ver Santa Catarina 

em rede nacional da Globo em manifestações ou
Barbaridades.

 

* Ir para Brusque comprar
roupa barata e achar que está arrasando.

 

* Dizer que aqui é o
paraíso só porque não tem dinheiro para ir ao Caribe.
(O que o povo do Brasil inteiro vem fazer aqui então?)

*Nascer em Lages e achar 

que é gaúcho.

* Dizer todos os anos que
nunca viu uma temporada tão fraca.

 

* Fingir que entendia de
tênis quando o Guga jogava.

* Receber a escória 

argentina e se gabar do turismo.

 

* Achar que só em Luiz
Alves tem cachaça boa

* Pensar que sua capital 

poderia ser Ponte Alta do Norte só porque fica no centro do Estado.

* Dar informação e dizer 

para seguir 'reto toda vida' nesta rua.

* Achar que a Skol de 

Lages é melhor que uma Bohemia do Rio de
Janeiro. (Lages é Lages né!)

* Ser feliz por comer 

marreco com repolho roxo.

* Sair da Schützenfest com uma medalha e achar que sabe 

Atirar.

 

* Pensar que 'ter casa na
praia' é o mesmo que ter casa em Palhoça.

* Ficar feliz com a
produção do oeste, a hospitalidade da serra e com as
Belezas do litoral.

 

* Ficar puto com o
abandono do oeste, a pobreza da serra e a roubalheira do
Litoral.

 

* Agüentar horas em filas
parado na BR-101 devido às barbaridades que os
paranaenses fazem ao volante!

 

* Morar em lugares com
nomes como: Turvo, Pouso Redondo, Ascurra, Bela
Vista do Toldo, Painel,
Sombrio, Chapadão do Lageado, Doutor Pedrinho,
Ermo, Lontras, Timbó, Trombudo
Central, Palma Sola, Piçarras, Vargeão e
Witmarsum.

* Ter que dividir um
pedaço de areia na praia com gaúchos e paranaenses que
já chegam jogando
papel, erva-mate e copinho de mate-leão no chão.

 

* Ter os melhores morros
para vôo-livre em Tangará.

* Escutar um paranaense 

pedir 'pão com vina' no boteco ou um gaúcho pedir
um 'cacetinho' na padaria
e ter que entender que nada mais é do que um
cachorro-quente ou um pão
francês.

* Ao ver a sigla UFSC, 

não pensar que Santa Cecília tem uma universidade
Federal.

* Ser de Águas Frias,
Água Doce ou de Águas Mornas.

* Saber que São Bento do 

Sul exporta 50% dos móveis brasileiros.

 

* E saber que móveis de
qualidade vão para fora, nós ficamos com refugo que
as Lojas Berlanda compram.

* Arriscar o pescoço na 

101, na 470, na 116 ou na 282.

 

* Ser confundido com
Paranaense e ficar super desapontado.

* Ser confundido com 

gaúcho e ficar tri desapontado!

* Ser do oeste, serrano
Ou barriga verde.

* Se for do oeste falar
'caroça', da serra falar 'pare ôme', ou do litoral,
'tais tolo, tais?'

 

* Ter Balneários como
Camboriú e Arroio do Silva.

 * Ver um gaúcho e um 

paranaense no mar e achar que a água ainda estará
Limpa.

* Ter que agüentar o 

Roberto Alves e o Cacau Menezes.

   

 * Ter ciclones 

extra-tropicais e colocar nome de mulher, só porque, quando
chegam, vêm
quentes e úmidos, mas quando vão embora, levam tua casa e teu
Carro.

 * Passar calor em Indaial 

e frio em São Joaquim.

 * Acreditar no 

Desenvolvimento de Timbó Grande.

 * Ter sua capital dentro 

Da água.

 * Acreditar que um dia o
governo federal irá repassar ao estado o que este
Realmente merece.

* E finalmente acreditar 

que mora no paraíso tendo paranaenses ao norte,
gaúchos ao sul, argentinos
ao oeste e água salgada ao leste!

 Mas convenhamos...


Você, que não é 'Catarina'...

Adora visitar o estado não é?

Verão, praia, cerveja, festa, balada...e
tem lugar melhor pra isso?
o que é a Avenida Atlântica em Balneário no
verão, com beldades andando pra
lá e pra cá?
O que é o mar de Bombinhas?
O que são as Praias de
Floripa?

Ou... Inverno! Neve,
Festa do Pinhão, Vales estilo europeus, cidade fria
mesmo, fria de doer (pra
quem gosta de frio, uma maravilha), comida tipica
e movimento mesmo fora de
temporada nas cidades litorâneas?

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário