segunda-feira, janeiro 31, 2011

550, a História


Lançado em 1952 no Paris Motor Show, o 550 possuía dois lugares, carroceria aberta de alumínio, cobrindo um chassis tubular com motorização central, e motor de 1,5 litros, refrigerado à ar boxer, tudo isso em apenas 550 kg.

Embora dois carros tenham sido produzidos com um motor OHV Volkswagen modificado, o motor "Type 547" da Porsche (desenhado por Dr. Ernst Fuhrmann) foi o padrão para todos os 550s. O motor Fuhrmann era muito avançado para sua época, com quatro comando de válvulas, todos acionados via uma Königswelle pelo virabrequim, ajudando a desenvolver os 110 bhp do carro (muita potência para um carro tão leve). Com o motor que o equipava, o 550 era capaz de desenvolver tanto quanto - e em muitos casos melhor do que - carros como Ferrari e Jaguar com motores maiores. O particularmente raro 356 Carrera foi o único modelo standard da Porsche a mais tarde utilizar este motor.

Embora a Porsche já viesse competindo com o 356 por muitos anos, o 550 se diferenciava por ser o primeiro modelo da fábrica desenhado para este propósito. A fábrica promoveu o 550 com muito êxito no circuito internacional, valendo-se principalmente do sucesso nas 24 horas de Le Mans de 1954, onde ele venceu em sua categoria.

Mais tarde naquele ano a Porsche começou a produção de uma série de carros para o consumidor final, construindo 90 unidades antes de substituir co carro pela versão 550A em 1956.

O 550A apresentava várias melhorias sobre o modelo original, incluindo um chassis reforçado, a última versão do motor Fuhrmann, combinado com uma transmissão de cinco velocidades, e uma suspensão traseira multi-link, com sobresterçamento reduzido e melhor manejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário