quarta-feira, setembro 29, 2010

Vergonha

Minha excentricidades são vergonhosas para muitos. Eu peso elas assim:
Fazem mal para os outros?
Se sim, não as farei. Se não, pode apostar que eu faço.
Vai me prejudicar?
Se física ou moralmente, prefiro não fazer. Se somente poderá me "prejudicar" por ser taxada de estranha, daí eu não estou nem aí e faço.
Sei que paço "vergonha" apenas por dizer que quero mudar o mundo, mas acreditar nos sonhos, é vergonhoso?

O que é vergonha pra mim?

Vergonha é deixar de fazer o que eu quero por causa do que os outros vão pensar.
Vergonha para mim, é ter medo de recomeçar.
Vergonhoso é calar quando devería falar.
Vergonha é não saber escutar as pessoas. (aqui eu passo vergonha...)
É deixar não aceitar as pessoas porque elas são diferentes.
É generalizar as coisas ruins e esquecer que existem coisas boas.
É não conseguir aprender com os próprios erros.
Vergonhoso é usar roupas ridículas e desconfortáveis só porque está na moda.
É dar mais valor ao ter do que ao ser.
Vergonha é não ter seu próprio estilo e ser apenas um produto do meio.
É não discutir política.

E eu como a maioria das pessoas, tento não passar vergonha.


Pelo dicionário:

ver.go.nha
sf (lat verecundia) 1 Pejo de ação feita contra o decoro, contra a decência. 2 Sentimento de desgosto que excita em nós a idéia ou o receio da desonra. 3 Rubor nas faces causado pelo pejo. 4 Timidez, acanhamento. 5 Ato indecoroso. 6 Opróbrio, desonra.

Um comentário: