segunda-feira, julho 05, 2010

As Brumas de Avalon

Estou lendo um livro muito interessante, me apaixonei pela leitura deste livro. Vou até anotar aqui, algumas passagens dele.

"Sabia que ele estava descontente porque não lhe dera o filho tão desejado - os romanos estabeleciam a linhagem pelo ramo masculino, e não pelo feminino, o que seria mais sensato. Era tolice, pois como poderia um homem ter absoluta certeza de quem era o pai de qualquer criança? É claro que eles preocupavam-se muito com quem se deitavam as mulheres, e fechavam-nas e espionavam-nas. Não que Igraine precisasse ser vigiada: um homem já era ruim, porque haveria de querer outros, que poderiam ser piores?"

"O lugar para onde o caminho nos levará depende da nossa própria vontade e de nossos pensamentos"

"pois como os druidas sabem, é aquilo em que a humanidade acredita que modela o mundo e toda a realidade."

"Os cristãos procuraram acabar com toda a sabedoria que não fosse a sua, e na luta para conseguir isso, estão banindo do mundo todas as formas de mistério, exceto as que se harminizam com a sua fé religiosa."

Nenhum comentário:

Postar um comentário