segunda-feira, abril 12, 2010

Palíndromos

Um palíndromo é uma palavra, frase ou qualquer outra sequência de unidades (como uma cadeia de ADN; Enzima de restrição) que tenha a propriedade de poder ser lida tanto da direita para a esquerda como da esquerda para a direita. Num palíndromo, normalmente são desconsiderados os sinais ortográficos (diacríticos ou de pontuação), assim como o espaços entre palavras.

Socorram-me, subi no onibus em Marrocos
Anotaram a data da maratona
Assim a aia a missa
A droga da gorda
A mala nada na lama
A torre da derrota
Amarga-me a droga, a gorda é magra má
A base do teto desaba
Arroz é zorra
A cara rajada da jararaca
Acata o danado... e o danado ataca!
Adias a data da saída
Só com o tio somávamos oito moços
Soam-me ótimos os reversos: o mito em mãos!
Seco de raiva, coloco no colo caviar e doces
"Reverta é verbo, O vivo breve é, Sabe bem ama-lo o Lama, Me beba se é verbo vivo, O breve atrever." (Rogério Duarte Filho)
O terrível é ele vir reto
O teu drama é amar dueto
Morram após a sopa marrom

Um comentário: