terça-feira, março 16, 2010

Minha Teoria

Tenho uma teoria, pode parecer meio estranha, ou até normal demais. Mas é a minha teoria sobre como a vida, ou melhor, os relacionamentos deveriam ser conduzidos. Se eu estou certa? Não penso nisso como uma verdade absoluta. Se é somente essa visão que eu aceito? Jamais, quem sou eu para dizer que tudo deve ser como eu penso. Se tudo fosse como eu penso, muitas coisas no mundo seriam diferente. Começando pela política e passando pela religião. Mas isso ficará para outra oportunidade. Se eu quero alguém que pense como eu? Não existem duas pessoas que pensam de maneira igual, mas quero alguém que respeite meu ponto de vista e me faça ver os atos falhos, me faça ser melhor, questionar e crescer. As pessoas não devem se completar, devem se somar.

Tentarei explicar de forma esquemática, por um sistema de conjuntos. Gosto muito da parte lógica das coisas. Parecem sempre fluir melhor em minha mente, fica mais palpável e perceptível. Depois abordarei a parte mais teórica.

Vou preferir começar com os que acho errados, depois abordarei o que acho correto. Claro que estou aberta a sugestões e questionamentos.

Essa é uma maneira de relacionamento bem legal. Claro que eu nunca vi realmente dar certo. Já ouvi falar a respeito mais acho que é tudo mentira. Até porque só ouço homens falar sobre isso. Não lembro de alguma conhecida minha ter falado de relacionamentos assim:


Eu sei que só pelo esquema que apresentei acima fica meio difícil entender. Mas o conceito seria mais ou menos o seguinte. O casal se apresenta como casal, dizem ter um relacionamento, mas é totalmente liberal. Cada um curte a vida. Pode até rolar de ficar com outras pessoas.

Para mim isso é um relacionamento de aparência, ele nem existe na realidade. Porque não há um real compromisso assumido. Na minha opinião há um certo receio, para não dizer medo, de se envolver. Isso pode partir de ambos os lados. Como só ouvi falar desse tipo de relacionamento por homens. Tenho mais uma teoria para completar aqui, quem tem esse tipo de relacionamento é o homem do tipo "pegador", sai catando todas as mulheres que pode em baladas e tudo mais. Acho que eles não dão conta nem da mulher que tem em casa, então para se auto afirmar sai "passando o rodo".

Mas é claro que se você tem um relacionamento assim, e acha bacana. E diz que dá certo, estou torcendo por você! Apesar de achar uma grande farça e de você estar se enganando. Pois diz que é de uma pessoa e no final não é de ninguém.

Tem mais um problema que envolve esse tipo de compromisso, o fato de que as vezes as pessoas se afastam tanto e vivem a sua vida de maneira a não se comprometer que os acontecimentos do dia a dia as modificam e acabam não compartilhando com a outra pessoa. E quando resolvem assumir algo mais definitivo é como se não tivessem mais afinidade.

Agora partiremos para um bem comum. Muitos casais são assim e vi muitos darem certo, e durarem uma vida inteira. Não penso que seja totalmente errado, só que para mim não é cabível, eu não me encaixo nesse tipo. E muitas mulheres hoje em dia, devido a sua ascenção também acabam não se encaixando.

Antigamente todos os relacionamentos eram assim, ou a maioria deles. E muitas mulheres eram felizes. Hoje em dia tem mulheres que só querem isso para as suas vidas. Serem mantidas e sustentadas pelo marido. O problema desse tipo de relacionamento é quando ele se torna sufocador. E isso pode partir de ambos os lados, hoje não é somente o homem que se encaixa como o "conjunto maior", muitas mulheres assumiram esse papel hoje. Em um esquema mais ou menos assim:



Eu tentei demonstrar uma relação, não somente de subsistencia material, mas emocional também. Dentro desse sistema temos aquele companheiro compulsivo, ciumento e outras coisas mais. Tem homens que não admitem que a mulher seja independente. Que acha que ela deve estar sempre a disposição dele e isso é bastante complicado ao meu ponto de vista. Pois cada um deve ter sua vida e não viver sendo a sombra de outra pessoa.

O que também é complicado, são aquelas mulheres super ciumentas. Que não deixam o marido respirar. Essas acham que estando no controle nada acontecerá de errado. Engano delas.

Tem uma frase bem interessante que se aplica aqui: "Quando mais se aperta na mão, mais escapa pelos dedos". Acho que a questão da traição é algo que jamais deveria acontecer, mas isso é ralativo ao catater de cada pessoa, e não o quanto você prende a pessoa. Se a pessoa quer te trair, ela fará isso, e ponto final. Mas se ela honra os bons costumes, não fará, mesmo que tenha oportunidade de fazê-lo.

Na minha opnião, se sentir sufocado, sendo a sombra de alguém, viver a vida como uma boneca de porcelana, um troféuzinho. não é meu estilo de vida, eu preciso voar, quero viver a vida, quero ser mais, e quero que a pessoa que está comigo cresce junto, cada um tem que escalar os seus degraus para chegar ao seu ponto alto. Acho que cada um tem seu limite e não podemos impedir que ninguém chege até lá.

Um grande problema aqui é que a pessoa que domina o relacionamento, acha que você é dela. Como um objeto qualquer, que pode mandar e desmandar em você. Você se converte a patrimônio da outra pessoa e sua vida passa a não ter mais valor.

Agora a minha visão de Relacionamento Ideal seria algo como:


Seria algo como, cada um tem sua vida, sua profissão, seu crescimento pessoal e divide isso com uma pessoa que está ao seu lado. O envolvimento pode ser maior ou menor, isso depende de casal para casal.

Mas acho sempre importante manter a individualidade, não estou dizendo que é para ter segredos ou coisas assim, segredos demais, acabam com o relacionamento. Você começa a esconder as coisas da outra pessoa e acaba pensando em quanto ela esconde de você.

Aqui você deve dividir, viver a vida e se entregar, aqui você deve acima de tudo compartilhar, seja sonhos, destinos, futuros, pensamentos. Não se deve impor as coisas, seja o que for, idéias, afazeres, ou que for. Aqui se deve ter sempre o dialogo.

Na realidade essa é a chave do bom relacionamento e nesse caso é mais primordial ainda, pois você viverá sua vida e seu companheiro a dele e vocês devem dividir experiências e aprendizados, devem se somar e crecer juntos essa é a minha visão de como todo relacionamento deveria ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário