sábado, janeiro 30, 2010

I Like

Photobucket
























Me sinto ótima, mas me sinto mal! Como pode essas mesclas de sentimentos estarem tão latentes em mim. Cada dia que passa me sinto melhor, mais viva. Eu realmente gosto de você. Mas estou longe. E isso me faz tanto mal.

As vezes eu começo a falar, e olho para você e fico sem reação, e eu simplesmente continuo falando. Falo tantas coisas bobas, o fato de estar ao meu lado me causa esse efeito tão devastador.

Todas as palavras do mundo não conseguirão explicar o que estou sentindo nesse momento.

Eu perdi a fala para as lágrimas que escorrem pelo meu rosto. Não são lágrimas de tristeza, são lágrimas de saudade, de esperança, de desejo, de felicidade.

"Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz

Não me deixe só


Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor

Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero do amor

Fique mais, que eu gostei de ter você 
Não vou mais querer ninguém 
Agora que sei quem me faz bem 

Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem mas

Não me deixe só"

Composição: Vanessa da Mata

Nenhum comentário:

Postar um comentário