quarta-feira, setembro 23, 2009

Uma palavra

Uma palavra não diz nada
e ao mesmo tempo esconde tudo
Igual ao vento que esconde a água
Como as flores que escondem o lodo.

Um olhar não diz nada
E ao mesmo tempo diz tudo
Como a chuva sobre tua face
Ao ver um mapa de algum tesouro

Uma verdade não diz nada
E ao mesmo tempo o esconde tudo
Como uma fogueira que não se apaga
Como uma pedra que nasce aos poucos

Se um dia me faltares não serei nada
E ao mesmo tempo serei tudo
porque em teus olhos estão minhas asas
E está a onda onde me afogo
Porque em teus olhos estão minhas asas
E está a onda onde me afogo



As vezes basta apenas olhar para uma pessoa, para que ela perceba o nosso desejo mais oculto. Outras vezes precisamos chacoalha-la para que ela deguste do seu próprio desejo.

Os beijos se tornam pouco, e o sonho se torna muito...

Nenhum comentário:

Postar um comentário