quarta-feira, junho 17, 2009

sempre em frente

AS vezes pensamos que todos os nossos desejos podem se tornar realidade. Imaginamos um mundo perfeito, assim aceitamos vários momentos de imperfeições. Acreditamos que tudo pode ser mudado se tivermos bastante força de vontade, e muito, mais muito amor. Então acordamos e nos damos conta, que apesar de nossos esforços, muitas vezes para sermos realmente felizes dependemos de mais pessoas. E mesmo desejando muito, não conseguimos mudá-las. Mesmo não sendo essa nossa intenção, mesmo querendo apenas ajudá-las a ser melhores, a conquistar seus objetivos, e sermos melhores com elas. Elas não querem. Acham que o mundo se resume aos olhos delas. Mas crescer é muito mais do que isso, é tirar o olhar do próprio umbigo e passar para o horizonte.

Não é dificil perceber quando estamos errados, o difícil é admitir o erro, e o mais complicado ainda é ter a capacidade de mudar isso em nós. Quando conseguimos nos sentimos muito gratificados, mas só nos sentimos assim quando conseguimos, muitas vezes esse caminho é tão complicado, e tão cheio de desafios que preferimos passar por cima, fingir que não existe, ou mesmo desistir no meio do caminho. Nunca conquistando o que realmente nos interessa.

Se pararmos para pensar, o que realmente é importante para nós, encontraremos centenas de respostas diferentes, qual é a certa? Bem isso eu não posso dizer. Para mim o que vem em primeiro lugar é Deus, e depois a família e os amigos, assim, juntinhos no mesmo patamar. Algumas pessoas afirmam não existir essa coisa de família, tão pouco amigos. Podem me chamar de obsoleta, ou mesmo utópica, mas eu acredito sim.

Acredito que posso, mais do que tudo, mudar o mundo, um pouco de cada vez. Mas eu sei que isso não depende só de mim. Queria que mais pessoas também pensassem assim e tivessem esse sentimento que é tão importante.

Queria mesmo mais pessoas se importando umas com as outras, mais pais amando seus filhos, menos divorcios, mais tolerancia. Queria que o mundo não se resumisse apenas em pensões, salários, modas, grifes. Como isso é imprestável no final. Tudo isso virará pó, e o que você realmente deixará para o mundo. Quero ser lembrada não apenas pelas pessoas que eu amo. Quero ser alguém, que um dia fez a diferença. não quero desistir agora, quero tentar, não importa quantas portas na cara eu for levar, não importa quantas vezes eu tenha que quebrar barreiras, quero levantar a cabeça e seguir em frente... SEMPRE!

Mayane

"Assim quee você acordar de um sonho para um mundo desconhecido, abra a suas asas e voe!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário