quinta-feira, junho 18, 2009

Pain



Não achei que iria doer tanto.
pensei que quando a noite chegasse
tudo ficaria em paz
Achei que era o suficiente aquele beijo
pensei que poderia esquecer de tudo
assim que as luzes apagassem
não queria acreditar que algo pudesse me abalar
estava blindada aos sentimentos fúteis
cansei de me sentir mal
agora me sinto pior
em um momento tudo por que lutei
não parece mais fazer sentido
sinto frio dentro de mim
as coisas passam na minha frente
me tirando do sério
queria calar todas as vozes
queria apagar todas as imagens
começar de novo
mais já não é mais possível
tudo foi tão longe
tudo foi tão triste
e tudo foi tão feliz
como pode algo assim
chegar onde nenhum homem pode tocar
tão inabalável, e tão frágil
nada alem de amanha, tudo além de hoje
se os destinos não tivessem se cruzado
se aquele olhar não tivesse acontecido
hoje estaria apenas eu
mas estaria feliz?
não sei mais até onde essa caminhada chega
quero apenas continuar andando

...

Um comentário:

  1. não sei se é coincidência o texto do seu post anterior coincidir com as suas palavras mais atuais..
    Sei que há um complemento pra única coisa que se pode dizer nesse momento a você..
    a dor é imensa, a perca irreparável, maior é a lembrança e a saudade de cada coisa, independente da causa do fim..
    Porém, chega em um momento da nossa vida que tudo que nos resta se resume a prosseguir, com ou sem forças..
    Apenas prosseguir, o sol nasce todos os dias em ponto diferente e todas as estrelas vão e vem, parecem ser iguais e são diferentes de alguma forma..
    é assim os dias na nossa vida, continuar..
    estou aqui.=)

    ResponderExcluir